Um novo lugar onde a vida nasce em BH

 Em Revista Vanguarda
Assinatura entre o prefeito Alexandre Kalil (PHS),o presidente da CAA Vanguarda, Sérgio Murilo Braga e o presidente do Neocenter, Wagner Issa, aconteceu na sede da PBH.

CAA Vanguarda e Grupo Neocenter assinam convênio e garantem nova maternidade para Belo Horizonte

O prédio do Hospital Santo Ivo reencontrou sua vocação. Graças a um convênio assinado entre a CAA Vanguarda e o Grupo Neocenter, foi liberado o alvará para a construção de uma nova maternidade no local, que foi arrendado pela Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG).

Na celebração do convênio, que aconteceu na sede da Prefeitura de Belo Horizonte, além do prefeito, Alexandre Kalil, do presidente da CAA Vanguarda, Sérgio Murilo Diniz Braga, e do presidente do Neocenter, Wagner Issa, várias presenças ilustres foram registradas. Estavam presentes o diretor tesoureiro da CAA/MG, Ronaldo Armond; a procuradora da CAA/MG e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da OAB/MG, Ana Lúcia Oliveira; o vice- prefeito, Paulo Lamac; o vereador Irlan Melo, responsável pela intermediação do pleito junto à Prefeitura; a secretária municipal de serviços urbanos, Maria Fernandes Caldas; e outros diretores do Neocenter.

A liberação do alvará para a construção da maternidade foi resultado da união de esforços entre a CAA Vanguarda, que arrendou o imóvel, o advogado e vereador da capital, Irlan Melo – que intermediou as conversas – e a Prefeitura de Belo Horizonte, que, percebendo a importância da iniciativa para a cidade como um todo, concedeu o alvará.

“Há três anos eles estavam tentando resolver um problema que foi facilmente resolvido, dentro da lei, simplesmente cumprindo uma burocracia. Estamos felizes, com a esperança renovada de que os empreendedores consigam colocar rapidamente o hospital em funcionamento”, destacou Maria Fernandes Caldas, secretária municipal de Serviços Urbanos.

Para o presidente da CAA Vanguarda, Sérgio Murilo Braga, a liberação do alvará mostra que o prefeito Alexandre Kalil ensina uma nova forma de fazer política pública, com transparência, objetividade e efetividade. “Apesar de pretendermos instalar um equipamento de saúde de grande importância para o município, nós estávamos há três anos com essa situação parada. Quando a notícia desse entrave chegou ao Executivo, por meio do vereador Irlan Melo, prontamente tivemos o atendimento com a secretária Maria Fernandes Caldas”, disse o presidente.

“Então, o prefeito nos recebe aqui e, realmente, demonstra uma nova forma de gerir a coisa pública, de forma prática e objetiva. Em um mês, ele solucionou um problema que há três anos não se solucionava, sem fazer qualquer concessão do interesse público, sem fazer qualquer favor a quem quer que seja, simplesmente fazendo cumprir a lei de forma objetiva é prática”, completou Sérgio Murilo Braga.

“Quando fui procurado pela Caixa de Assistência dos Advogados, eu me disponibilizei imediatamente. E creio que, hoje, estamos concretizando um sonho de ter uma Belo Horizonte melhor, uma saúde melhor para todos, dignidade, humanidade, respeito. É isso que a população precisa e deve ter na área da saúde”, ressaltou o vereador Irlan Melo.

O diretor tesoureiro da CAA/MG, Ronaldo Armond, falou sobre a importância de concretizar o sonho plantado no arrendamento do Hospital Santo Ivo, em 2013, ao grupo Neocenter, que foi acordado com a obrigação de se manter ali uma unidade hospitalar. “Isso vinha sendo dificultado por entraves burocráticos. Hoje, com a interferência do vereador Irlan e a boa vontade do prefeito e da secretária de Serviços Urbanos, estamos conseguindo, enfim, encerrar esse capítulo ainda dentro da nossa gestão na CAA/MG. Agora, a história do hospital está definitivamente resolvida”, concluiu.

“Aqui, a gente rompe a última barreira que era preciso avançar para que possamos caminhar para o término das obras. E a previsão é inaugurar essa maternidade, esse centro neonatal o quanto antes”, disse Wagner Issa, presidente do Neocenter.

Em números, a nova maternidade oferecerá 40 leitos de UTI neonatal por mês e poderá realizar 350 partos mensalmente. A reativação do hospital como maternidade vai gerar 600 empregos diretos e 800 indiretos.

Apesar de se tratar de empreendimento privado, uma parceria com a CAA/MG vai garantir atendimento aos advogados e familiares. Além disso, há intenção de firmar parceria com o município para atendimento público na maternidade.

De acordo com o gerente de projeto Juliano Pierro Paludo, a maternidade Neocenter deve ser inaugurada ainda este ano, em novembro. “Nós só conseguimos a liberação do alvará há dois meses. Estamos trabalhando com a data final para novembro, contando com o retorno das obras, a contratação e treinamento de pessoal e toda a parte burocrática que ainda falta, como a conquista das licenças de funcionamento e a fiscalização da Vigilância Sanitária para alvará sanitário.

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar