Um escritório para chamar de seu

 Em Revista Vanguarda

Em tempos de instabilidade, uma solução para reduzir gastos e fomentar o empreendedorismo tem conquistado cada vez mais espaço e popularidade no Brasil. É o coworking, modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaço, recursos e infraestrutura.

Além da redução de custos administrativos e operacionais, esse modelo proporciona networking, formação de rede de contatos, e colaborativismo em ambientes compartilhados por profissionais de várias áreas, idades e níveis, do júnior ao sênior. Segundo o Censo Coworking Brasil 2017, existem hoje no país 810 espaços ativos, um aumento de 114% em relação ao ano passado, agregando mais de 210 mil pessoas. Minas Gerais conta com 67 unidades, ocupando o segundo lugar no ranking nacional. Belo Horizonte, com 47 espaços de coworking, figura na terceira colocação do ranking por cidades.

 

 

Acompanhando a tendência do mercado, a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais(CAA/MG) lançou três unidades de escritórios compartilhados pensados exclusivamente para os profissionais da área: os centros de excelência. São ambientes para trabalho, descanso, acolhida, estudo, treinamento e preparação abertos gratuitamente a advogados da capital e do interior.

“Os escritórios funcionam também como ponto de apoio para advogados do interior em trânsito na capital, além de serem um espaço de trabalho confortável, econômico, prático e seguro para quem mora em Belo Horizonte”, destaca Sérgio Murilo Braga, presidente da CAA/MG.

Lançados no segundo semestre de 2016, os Centros de Excelência Jurídica são equipados com computadores, impressoras, scanner, internet banda larga, telefone e apoio audiovisual. Ao todo são 32 estações de trabalho, 16 escritórios, cinco salas de reunião e duas grandes salas de treinamento, além de auditório informatizado, espaço de convivência e cozinha. Os usuários podem contar também com o atendimento personalizado feito por secretárias.

 

 

Com divisórias de vidro e persianas e divisórias retráteis, a organização dos ambientes foi pensada para oferecer privacidade aos usuários e seus clientes. A ideia é atender a todas as possíveis demandas dos advogados, de modo que eles possam reduzir custos com local de trabalho e transporte. Para isso, a localização das unidades foi escolhida estrategicamente. Em Belo Horizonte, uma unidade fica no Edifício Mirafiori, no Centro, e outra no Barro Preto, próximo ao Fórum Lafayette. Uma terceira unidade funciona em Betim, na Grande BH.

 

UNIDADE MIRAFIORI

 

 

O Centro de Excelência Jurídica (CEJUR) Professor Jair Leonardo Lopes foi o primeiro escritório a ser lançado e ocupa o 11º andar do Edifício Mirafiori, na Região Central de Belo Horizonte. São mais de 540 metros quadrados, divididos em oito escritórios para consultas jurídicas; quatro salas de reunião; oito estações de trabalho individuais e uma sala de treinamento.

Nos seis primeiros meses de funcionamento, o espaço já havia recebido mais de dois mil profissionais em suas instalações. Fabiana Eleotério foi a primeira a utilizar as dependências do escritório, que agora já faz parte de sua rotina: “Em primeiro lugar, o jovem advogado não tem condição de arcar com os altos custos para manter um escritório. Uma iniciativa como essa encoraja o profissional”, diz a advogada, formada há quatro anos.

Fabiana iniciou a carreira em um escritório de grande porte, mas não estava satisfeita com o trabalho e passou a atender seus clientes em salas de amigos. Como a maioria dos advogados com poucos anos de atuação no mercado, ela ainda não tem condições de manter um escritório próprio, por isso tem nos Centros de Excelência Jurídica da CAA/MG um grande apoio.

Logo quando soube do lançamento, a advogada se informou e fez questão de comparecer à cerimônia de inauguração. Hoje, indica o espaço para diversos colegas, vários deles já frequentadores dos escritórios. “Eles oferecem um ambiente muito propício para networking. Além disso, a localização é ótima, no coração da cidade. Eu sinto que há retorno à classe e estou muito satisfeita”, ressalta.

 

Homenagens

 

O Centro de Excelência Jurídica da Rua Paracatu ganhou o nome de CEJUR Dr. Tomaz Luiz Naves, homenageando o advogado que exerceu o profissão por mais de 40 anos. De forma destacada e eficiente, Dr. Naves ocupou cargos relevantes em empresas e entidades privadas, sendo considerado um líder da advocacia na capital. Foi Conselheiro Seccional da OAB/MG por dois mandatos, exercendo suas funções com dinamismo e excelência.

As salas também homenageiam outras personalidades do Direito que fizeram história no exercício da profissão: Dr. Antônio Tadeu Ribeiro, Dr. Lafayette Dutra Atheniense, Dr. Artur Alexandre Mafra e Dr. Raul Machado Horta.

 

 

 

A Unidade Mirafiori dos Escritórios Compartilhados fica na Rua dos Guajajaras, número 40, 11º andar. O horário de atendimento é das 8h às 18h. Informações: (31) 3888-1282 ou escritorio.mirafiori@caamg.com.br.

 

 

UNIDADE PARACATU

 

 

Em um prédio de dois andares, próximo ao Fórum Lafayette e à Justiça do Trabalho, está a segunda unidade dos Escritórios Compartilhados da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG), o Centro de Excelência Jurídica Tomaz Luiz Naves.

O edifício, que possui acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, conta com quatro escritórios para consultas jurídicas, uma sala de reunião, uma sala para treinamentos e cursos e 24 estações de trabalho, além de um andar dedicado aos benefícios oferecidos pela CAA/MG para a classe, como pontos de atendimento do OAB VOX, OAB Saúde, OAB Seguro e OAB Prev.

Há ainda um espaço de convivência para networking e uma enfermaria para medição de pressão arterial, glicemia e prestação de primeiros-socorros.

Desde sua inauguração, o espaço tem sido fundamental, por exemplo, para a carreira de Daniel Igor Mendonça. O advogado utiliza as dependências do escritório semanalmente, desde que se desligou de uma sociedade de advogados por causa do custo operacional, especialmente com locação, montagem de mobiliário, manutenção de maquinários, equipamentos de segurança e outros insumos que corroem boa parte do faturamento dos escritórios e que ficam especialmente pesados para os profissionais autônomos em início de carreira .

“Com o advento da Justiça informatizada, percebi que estava na hora de mudar o paradigma, especialmente no tocante à gestão de atendimentos e documentos dos clientes, os quais passaram a ser 100% informatizados. Com isso, ganhei mais tempo e mais economia. Boa parte do meu trabalho atualmente é realizado em casa, mas o atendimento pessoal continua sendo essencial na profissão da advocacia”, diz Daniel, que reconhece a importância do serviço.

 

 ­“Sempre faço e ouço elogios sobre o atendimento dos funcionários, a decoração, a luminosidade e o conforto do ambiente. Penso que o advogado que planeja e organiza o atendimento ao seu cliente, moldando-o à sua característica profissional, pode fazer uso do espaço corporativo cedido pela Caixa de Assistência dos Advogados de forma rotativa e contínua

Daniel Igor Mendonça, Advogado

 

Foi quando ele conheceu e começou a usar os serviços do escritório compartilhado: “Além de ser um local estratégico, próximo ao Fórum Lafayette, o ambiente é espetacular, de fino acabamento, com salas montadas com mobiliários novos, modernos e confortáveis, ambiente climatizado e tudo isso sem qualquer custo adicional para os advogados. A ideia é fantástica!”, comemora.

“Da forma como organizei meus atendimentos, consigo agendar encontros com os clientes uma ou duas vezes no decorrer da semana e o feedback tem sido muito positivo. Sempre faço e ouço elogios sobre o atendimento dos funcionários, a decoração, a luminosidade e o conforto do ambiente. Penso que o advogado que planeja e organiza o atendimento ao seu cliente, moldando-o à sua característica profissional, pode fazer uso do espaço corporativo cedido pela Caixa de Assistência dos Advogados de forma rotativa e contínua”, aconselha Daniel.

 

 

Homenagens

 

O Centro de Excelência Jurídica da Rua Paracatu ganhou o nome de CEJUR Dr. Tomaz Luiz Naves, homenageando o advogado que exerceu o profissão por mais de 40 anos. De forma destacada e eficiente, Dr. Naves ocupou cargos relevantes em empresas e entidades privadas, sendo considerado um líder da advocacia na capital. Foi Conselheiro Seccional da OAB/MG por dois mandatos, exercendo suas funções com dinamismo e excelência.

As salas também homenageiam outras personalidades do Direito que fizeram história no exercício da profissão: Dr. Antônio Tadeu Ribeiro, Dr. Lafayette Dutra Atheniense, Dr. Artur Alexandre Mafra e Dr. Raul Machado Horta.

 

 

 

 

A Unidade Paracatu dos Escritórios Compartilhados fica na Rua Paracatu, número 300, no Bairro Barro Preto. O horário de atendimento é das 8h às 18h. Informações: (31) 3888-1480 ou escritorio.barropreto@caamg.com.br.

 

 

NOVA UNIDADE EM BETIM

 

A grande procura pelos escritórios compartilhados da capital mostrou a necessidade de unidades também fora de Belo Horizonte. Isso contribuiu para que a CAA/MG iniciasse o lançamento de unidades em subseções, de forma que pudessem atender advogados por regiões. Assim surgiu o primeiro escritório compartilhado fora de Belo Horizonte – o CEJUR Betim, inaugurado em maio de 2017.

O novo estabelecimento visa atender à Região Metropolitana de Belo Horizonte, em especial à subseção de Betim, e oferece salas de reunião, de atendimento e de realização de cursos jurídicos, além de atendimento personalizado de secretária e recepcionista. Assim como as outras duas unidades, as estações de trabalho são munidas de scanners, computadores, impressoras e internet Wi-Fi.

Em três meses de funcionamento, a unidade já recebeu mais de 500 profissionais. Entre eles está a advogada Fabiana Paz, que frequenta o escritório de uma a duas vezes por semana para realizar atendimento aos clientes.

Conselheira da 82ª Subseção Betim, Fabiana acompanhou todo o processo de implantação do escritório. “Quando surgiu a primeira unidade na capital, nós vimos, juntamente com a Dra. Erlinda Maria Silva, Presidente da Subseção Betim, a possibilidade de reforçar o pedido de um escritório também em Betim. O Dr. Sérgio Murilo Braga foi bem acessível às novas solicitações, e agora podemos comemorar essa conquista”, conta.

Para a advogada, as vantagens não beneficiam apenas os profissionais: “Para os clientes, um ponto muito positivo é a localização privilegiada, já que o escritório fica em frente ao Fórum da cidade. A estrutura também impressiona, e eles podem contar com o excelente atendimento dos funcionários, desde a recepção e a explicação de como funciona o espaço até o encaminhamento para as salas. É um ambiente muito bonito e que chama bastante a atenção”, diz Fabiana, que não hesita em indicar o serviço para seus colegas e alunos.

 

“A estrutura também impressiona, e eles podem contar com o excelente atendimento dos funcionários, desde a recepção e a explicação de como funciona o espaço até o encaminhamento para as salas.

Fabiana Paz, advogada e conselheira da 82ª Subseção Betim

 

 

“Além dos profissionais mais experientes, o espaço atende muito bem os jovens advogados que têm  dificuldade de se estabelecer, principalmente nos dias atuais, com essa crise que estamos vivendo. Como também sou docente, aproveito para divulgar o escritório sempre que tenho oportunidade, tanto para aqueles que acabam de se formar, quanto para os que ainda estão em formação. É uma grande oportunidade para iniciar a carreira com uma estrutura tão bem aparelhada”.

A solenidade de inauguração da unidade contou com a presença do vice-prefeito da cidade, Vinicius Rezende, e do juiz do foro da Comarca, Robert Lopes de Almeida, além de representantes da advocacia de diversas regiões do estado. Os convidados foram recebidos pela presidente da subseção, Erlinda Maria Silva. “Nossa gestão vem cumprindo todas as propostas e mostrando que ter ‘Mais Ação e Voz’ é para todos, sem distinção”, disse na ocasião.

Na oportunidade, o presidente da CAA/MG, Dr. Sérgio Murilo Braga, à mesa de honra, enfatizou a importância da inauguração de mais um escritório. “É um espaço que vem atender uma carência da advocacia. Um local para que os colegas, os jovens advogados, possam encontrar apoio e a possibilidade de praticar seu ofício. Estamos muito contentes em poder dar este presente aos advogados desta região”, comemorou.

 

Homenagens

 

O CEJUR Betim também homenageia grandes nomes do Direito em sua unidade. Dr. Walter Cândido dos Santos é Patrono do Escritório, que leva em cada uma de suas seis salas o nome de uma personalidade da área.

A sala de reuniões homenageia o Dr. Raimundo de Freitas Campos, e as cinco salas de atendimento prestam homenagem aos ilustres Dra. Maria Elzi de Resende Guerra, Dr. Fernando Monteiro Lara, Dr. Egberto Viana, Dr. Clóvis Tito Júnior e Dr. Aderbal Borges da Motta.

 

 

A Unidade Betim dos Escritórios Compartilhados fica na Rua Professor Osvaldo Franco, número 30, no Centro de Betim, em frente ao Fórum da cidade. O horário de atendimento é das 8h às 18h. Informações: (31) 3596-4228 ou ecompartilhadobetim@gmail.com.

 

 

Recent Posts

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar