10 de julho: Dia da saúde ocular

 Em Campanha de Prevenção à Doenças Oculares, Centro de Referência à Saúde, Delegados, Drogaria Santo Ivo, Faça Justiça à Sua Saúde, Institucional, Mais Vantagens, Mulher Advogada, OAB Saúde, Ótica Santo Ivo, Serviço Social, Serviços e Programas, Subseções

A visão é um dos principais sentidos dos seres vivos, e a falta de cuidados básicos com os olhos pode acarretar em sérias complicações. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 40 milhões de pessoas no mundo são cegas e cerca de 135 milhões sofrem limitações severas na visão.  A deficiência visual é a mais representativa dentre os tipos de deficiências pesquisadas pelo IBGE (2010), afetando 3,6% dos brasileiros, principalmente aqueles com mais de 60 anos de idade. A relação entre cegueira, deficiência visual e condições econômicas estima em 1,2 milhão a população de cegos no Brasil, aponta a OMS.

Atenta à saúde da advocacia mineira e a um de seus maiores patrimônios: a visão, a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA Vanguarda) adere à campanha de Prevenção à Doenças Oculares 2018 no intuito de fomentar o debate e conscientizar a população sobre a importância do tema.

Cuidado redobrado no inverno

O inverno é marcado pelo clima seco e baixa umidade do ar, fatores determinantes para o aumento de doenças oculares, como a conjuntivite. Devido a maior concentração de ácaros e poluentes no ar, os olhos perdem um pouco de lubrificação natural devido à evaporação da camada da lágrima, deixando-os mais vulneráveis a doenças e alergias.

Confira as 7 dicas para manter uma visão saudável

1.Use óculos com proteção UV:

A exposição em excesso aos raios ultravioletas (UV) pode atuar como agravante no desenvolvimento de doenças como catarata, e a redução da visão decorrente da morte de células da retina. Ao contrário da catarata, que tem quadro reversível, os danos na retina não têm solução.

2.Não coce os olhos:

Coçar os olhos pode gerar micro traumas, tais como a ceratocone: mudança negativa na curvatura da córnea.

3.Não leve as mãos aos olhos:

A conjuntivite é um exemplo de inflamação causada pelo contato das mãos sujas com os olhos. Evite passar toalhas no rosto. Assim como as mãos, elas podem levar à contaminação. Use lenço de papel.

4.Não use colírios sem prescrição médica:

Corticoides em excesso ou se automedicar pode agravar ou iniciar casos de glaucoma e catarata. Consulte o oftalmologista para verificar qual solução é a mais indicada para o seu caso.

5.Não durma com maquiagem:

Mantenha os olhos sem resíduos de maquiagem, cremes ou outras soluções, especialmente ao final do dia ou antes de ir dormir. Partículas de cosméticos nos olhos podem provocar doenças como: conjuntivite viral, bacteriana ou fúngica (por contaminação dos produtos), olho seco, blefarite (inflamação da pálpebra), entre outras. Recomenda-se o uso de cosméticos hipoalergênicos e, claramente, mantenha os olhos sempre limpos!

6.Descanse os seus olhos:

O uso ininterrupto de celulares, tablets, computadores e televisão pode causar coceira, cansaço, lacrimejamento e dificuldade para focalizar as imagens. O movimento de piscar é importante, pois auxilia na lubrificação dos olhos. Recomenda-se intervalos a cada uma (01) hora para descansar os olhos – olhe para parede ou janela e pisque algumas vezes-; além de manter uma distância de, pelo menos, 50 cm do monitor.

7.Consulte um especialista regularmente:

Manter visitas regulares ajuda na prevenção de problemas oculares e a evita agravamentos decorrentes de doenças assintomáticas (sem sintomas). Em casos de sintomas como: lacrimejamento, principalmente durante ou após realizar atividades que exigem esforço visual como ver televisão, ler, desenhar, entre outros; olho vermelho; secreção; crostas nos cílios; aperta ou arregala os olhos para enxergar melhor; aproxima-se muito da televisão ou aproxima muito o papel para ler; necessita afastar os objetos do rosto para ler ou ver melhor; inclinação de cabeça; visão embaçada; fotofobia (sensibilidade excessiva à luz); dores de cabeça; visão dupla; desvio ocular (olho “vesgo”), procure com urgência o profissional de sua confiança.

 

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar