Presidente da CAA/MG participa de inauguração de obra de arte no TJMG

 Em Institucional

Presidente da CAA/MG participa de inauguração de obra de arte no TJMG – O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais, Sérgio Murilo Braga, participou na quinta-feira (21/09), da inauguração da obra de arte – de Oscar Araripe, doada ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na sede do Tribunal em Belo Horizonte.

O desembargador Herbert José Almeida Carneiro, presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, recebeu familiares de Oscar Araripe, desembargadores, corregedores, juízes, promotores e várias outras autoridades do judiciário mineiro, além de servidores do TJMG e profissionais do direito, durante o evento.

Presidente da CAA/MG participa de inauguração de obra de arte no TJMGA ação, que teve apoio cultural da CAA Vanguarda, consistiu na entrega oficial da obra: “Tiradentes, o Animoso Alferes” (1992), uma acrílica sobre tela sintética de 3x3m, baseada no poema épico “Romanceiro da Inconfidência”, de Cecília Meireles.

A peça doada ao TJMG é uma versão de um quadro que está na Faculdade Nacional de Direito. A obra já foi exposta nos Museus da Inconfidência, em Ouro Preto, e da República, no Rio de Janeiro, entre outros locais.

Araripe conta que o chamado “mártir da Inconfidência Mineira” o impressiona desde 1966, quando ele visitou Ouro Preto. Para o pintor, Joaquim José da Silva Xavier, morto aos 45 anos, é uma espécie de anjo tutelar do estado em que nasceu. “Tiradentes é um símbolo da justiça, e sua imagem, em pleno Tribunal mineiro, absolve com glória uma figura que sofreu perseguição e violência”, afirmou.

 

Presidente da CAA/MG participa de inauguração de obra de arte no TJMG

Com residência, estúdio, galeria e Fundação em Tiradentes, Minas Gerais, Oscar Araripe nasceu na Tijuca, Rio de Janeiro, em julho de 1941. A mãe cearense e o pai gaúcho logo foram morar no bairro proletário do Encantado, onde o pai, médico, e a mãe, professora, exerciam suas profissões. Araripe ainda morou em Ipanema, na década de 1960. Em 1968 se formou na Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro. No fim da década de 1970 se mudou para Minas Gerais, primeiro constituindo residência em Mirantão.

multiartista Oscar Araripe Ferreira desenvolveu trabalhos como escritor, tradutor, crítico de teatro, jornalista e pintor. Entre os temas explorados em sua carreira nas artes plásticas, tem destaque a história e o exuberante cenário natural do Brasil e episódios e figuras da tradição mineira.

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar