CAA/MG, ASPRECAM e Clínica Personal realizam o Circuito Mamamiga

 Em Delegados, Faça Justiça à Sua Saúde, Institucional, Mulher Advogada, Outubro Rosa, Serviço Social, Serviços e Programas, Subseções

No último sábado (07), em evento realizado de 09h às 15h, em Belo Horizonte, a Associação de Prevenção ao Câncer da Mulher (ASPRECAM) em parceria com a Clínica Personal Oncologia e a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG) realizou o “Circuito Mamamiga pela Vida”, movimento em apoio ao Outubro Rosa, campanha internacional de combate ao câncer de mama. “O nosso intuito é unir a sociedade mineira entorno da causa. O câncer passará a ser a doença mais mortífera do mundo em poucos anos. A ASPRECAM se uniu ao SUS para tratar deste problema (câncer de mama) de saúde pública. Esta é a nossa missão!”, conclui o médico André Murad.

Mamamiga

A iniciativa teve como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama. Para Letícia Pereira (30), paciente em tratamento, a iniciativa é muito importante. “O Mamamiga salvou a minha vida! Sou de Paracatu e fui diagnosticada com 29 anos. Na minha cidade não foi possível encontrar auxílio médico. Graças ao projeto, eu pude buscar o tratamento e seguir na luta contra o câncer. O autoexame é imprescindível para todas as mulheres. É uma forma de prevenção, um alerta”, ressalta.

 

Circuito Mamamiga pela Vida

O circuito realizou diversas ações de promoção à saúde, bem-estar, beleza, lazer e cidadania. Entre as atividades e serviços oferecidos, um desfile foi promovido com a participação de mulheres que já tiveram ou estão em tratamento, além de debates com especialistas sobre assuntos relacionados ao câncer, com a participação do oncologista e diretor da clínica Personal, Dr. André Murad; Dr.Thadeu Rezende, mastologista e superintendente da ASPRECAM; Roberta Bernardi, fisioterapeuta, especialista em Gerontologia e Reumatologia. Na ocasião, foram realizados testes de glicemia, medição de pressão arterial; orientações nutricionais, jurídicas (promovidas pelas CAA Vanguarda) para mulheres com câncer; procedimentos de beleza e estética; aulas de relaxamento e meditação; além de informações sobre a forma correta de realização do autoexame, fazendo uso da Mamamiga.

Mamamiga

Para o médico Thadeu Rezende, fundador da ASPRECAM, é preciso conscientizar a população. “Quando se fala de Outubro Rosa, fala-se somente sobre o autoexame, que é muito importante. Mas é necessário ir além, impedindo que ele apareça. É preciso falar sobre alimentação, controle de peso, atividade física, redução do consumo de álcool e síndrome de predisposição hereditária”, afirma.

 

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar