4 dicas para tirar licença-maternidade sem problema

 em Mês das Mães

A maternidade é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher, período de descobertas e de mudanças físicas e psicológicas. Os meses que antecedem a chegada de uma criança podem gerar uma série de questionamentos de como será conciliar o lado materno ao profissional.

Essas e outras dúvidas permanecem inquietas nas cabeças das futuras mamães. E é pensando nelas que selecionamos 4 dicas fundamentais para tirar sua licença-maternidade com tranquilidade, confira!

1- Respeite o seu tempo: 

A chegada de uma criança implica em uma série de mudanças. Continue trabalhando enquanto se sentir disposta, confortável e segura, amenize o ritmo, evite estresse, afinal, novos tempos bateram à porta, respeite o seu!

2- Seja organizada e tenha um planejamento:

Momento para reorganizar a vida, planejar o futuro e a entrada de uma nova fase. Deixe tudo encaminhado nos meses que antecedem a chegada de seu filho (a). Pense nas mudanças que implicarão em sua rotina, corpo, mente, família, casa e trabalho. Quanto antes o seu planejamento estiver de acordo com as suas necessidades, mais tranquila você estará para receber a sua criança.

3- Compartilhe informações:

Não acumule tarefas, compartilhe-as. A chegada de uma criança requer atenção redobrada. Não se cobre e tampouco se sobrecarregue. Elabore um checklist de suas atividades, necessidades e instrua aqueles que participarão diretamente e indiretamente dessa nova fase. Você é mãe, e é importante vivenciar este momento intensamente, permita-se!

4- Seja seletiva:

A maternidade desperta o interesse de muitas pessoas de seu convívio. Prepare-se para uma enxurrada de opiniões, conselhos e dicas. Neste período, tenha paciência e saiba impor os seus limites. Procure as pessoas de sua confiança, indispensáveis para te acompanhar neste momento, sejam elas da área da saúde e ou de seu ciclo social.  O diálogo é indispensável neste momento.

Você sabia?

O empreendedorismo feminino na advocacia mineira vem crescendo, as mulheres representam 47.35% dos profissionais do Direito ativos de todo o estado, conciliando, com sucesso, empreendedorismo, maternidade e família.

Postagens Recomendadas

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Programas pra você, mamãe advogada!