CAA Vanguarda declara guerra à Dengue!

 Em Campanha de Combate à Dengue, Delegados, Institucional, Serviços e Programas, Subseções

Atenta à advocacia e ao povo mineiro, a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA Vanguarda) declara guerra à dengue e volta a alertar sobre o perigo da doença e a importância da conscientização para a prevenção.

Para Sérgio Murilo Braga, presidente da Caixa de Minas, devemos redobrar as atenções. “É de suma importância que combatamos a proliferação do mosquito seguindo passo a passo as recomendações das autoridades competentes. A prevenção é a melhor maneira de se imunizar”, ressalta.

Segundo pesquisas realizadas pelo Ministério da Saúde no ano de 2017, entre janeiro e novembro, a incidência de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti apresentou queda de 83,7%, assim como os óbitos, que tiveram redução de 82,4% em relação ao mesmo período de 2016.

De acordo com o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2017, 23% dos municípios mineiros correm risco de surto das doenças transmitidas pelo mosquito. Ao todo, foram 28.200 casos prováveis, 14 mortes pela enfermidade e outros 12 seguem em investigação, revelaram dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Prevenção

Durante o mês de fevereiro a CAA/MG irá distribuir pequenos cartazes em todas as subseções do estado com informações sobre como evitar a proliferação do mosquito.  O objetivo é incentivar os advogados mineiros e seus familiares a realizarem um simples check-list para o controle dos focos em suas casas. Com apenas dez minutos por semana, é possível monitorar rigorosamente os locais onde as fêmeas do Aedes podem depositar seus ovos, neutralizando a perigosa ameaça.

“Não medimos esforços na promoção desta campanha. A chegada do verão é o momento mais crítico do ano no que diz respeito à ação do mosquito. A CAA Vanguarda seguirá firme no combate a esta doença que, se não tratada corretamente, pode levar a óbito”, afirma Fabiana Faquim, diretora 1ª secretária da instituição.

Check-list:

  • Manter a caixa d’água sempre vedada com tampa adequada;
  • Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir que a água corra pelas calhas;
  • Verificar possível acúmulo de água em pneus, lonas de coberturas não-esticadas, baldes de água, laje, etc;
  • Manter a piscina frequentemente tratada, bandejas de geladeira e ar-condicionado sempre secos, etc;
  • Encha de areia até a borda os pratinhos dos vasos de plantas;
  • Guarde garrafas de cabeça para baixo, sempre;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira fechada.

Sintomas da doença

Dengue Clássica:

  • Febre alta com início súbito;
  • Forte dor de cabeça;
  • Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos;
  • Perda do paladar e apetite;
  • Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores;
  • Náuseas e vômitos;
  • Tonturas;
  • Extremo cansaço;
  • Moleza e dor no corpo;
  • Muitas dores nos ossos e articulações.

Dengue hemorrágica:

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:

  • Dores abdominais fortes e contínuas;
  • Vômitos persistentes;
  • Pele pálida, fria e úmida;
  • Sangramento pelo nariz, boca e gengivas;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Sonolência, agitação e confusão mental;
  • Sede excessiva e boca seca;
  • Pulso rápido e fraco;
  • Dificuldade respiratória;
  • Perda de consciência.

 

 

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar