CAA/MG adere à Campanha de Prevenção e Cuidados da Diabetes

 Em Campanha de Prevenção e Combate ao Diabetes, Faça Justiça à Sua Saúde, Institucional, OAB Saúde, Serviço Social, Serviços e Programas, Subseções

O Brasil possui mais de 13 milhões de diabéticos, o que representa 6,9% da população de todo o país, segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). A Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregá-la adequadamente (hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue). O corpo necessita deste hormônio para utilizar a glicose, que obtemos por meio dos alimentos, como fonte de energia. Quando o indivíduo sofre de diabetes, o organismo não fabrica insulina e não consegue utilizar a glicose adequadamente, gerando um quadro de hiperglicemia (alto nível de glicose no sangue). A permanência deste quadro por longos períodos pode gerar danos aos órgãos, vasos sanguíneos e nervos, podendo levar ao óbito.

Atenta à saúde e bem-estar do seu maior patrimônio: o Advogado (a), a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG) abraçou a Campanha de Prevenção e Cuidados da Diabetes 2017. “Esta campanha é de importância vital para nós. Sabemos da gravidade da doença e nos preocupamos com a advocacia mineira, haja vista a atribulada rotina que tende a nos levar ao sedentarismo e aos maus hábitos alimentares”, ressalta Fabiana Faquim, diretora geral da instituição.

Para o presidente da CAA Vanguarda, os dados estatísticos são alarmantes. “A Capital mineira figura em segundo lugar no ranking nacional de portadores de diabetes. Passamos 365 dias dedicados à advocacia e, em muitos momentos, deixamos de lado a própria saúde. Nossa missão é conscientizar advocacia e promover a prevenção desta doença que, se não tiver o devido acompanhamento médico, pode levar à morte”, enfatiza Sérgio Murilo Braga.

 Estatística

No Brasil, o número de casos de diabetes cresceu em mais de 60% entre a população nos últimos 10 anos.

  • Rio de Janeiro (RJ) – 10,4;
  • Belo Horizonte (MG) e Natal (RN) (ambos com 10,1);
  • São Paulo (SP) (10);
  • Vitória (ES) (9,7);
  • Recife (PE) e Curitiba (PR) (ambos com 9,6).

Número de casos para cada 100 mil habitantes*

Cuidados

  • Realize atividades físicas orientadas;
  • Opte por uma alimentação saudável e balanceada;
  • Não fume;
  • Evite permanecer acima do peso;
  • Faça consultas médicas regularmente.

Controle

  • Mantenha sua pressão arterial controlada;
  • Meça a glicemia;
  • Medique-se corretamente;
  • Siga a dieta adequada;
  • Realize atividades físicas orientadas;
  • Acompanhe sua saúde de perto.
Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar