CAA Vanguarda promove campanha para reforçar a importância da doação de sangue

 Em Institucional

Uma pessoa, um gesto, e três vidas salvas. Essa equação representa o ato de doar sangue, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar de ser um gesto simples, os hemocentros de todo o país registram uma queda gradativa em suas coletas. O estoque da Fundação Hemominas, por exemplo, está em situação crítica e a baixa pode comprometer os atendimentos nos hospitais, principalmente pela falta do sangue “Tipo O”, o mais usado em unidades de urgência.

Em 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue e a CAA Vanguarda aproveita a data para reforçar a importância da doação, sensibilizar novos doadores e fidelizar os que já existem. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, apenas 1,8% da população doa sangue com regularidade.

A campanha foi lançada oficialmente na última sexta-feira (02), durante uma solenidade de entrega de carteiras realizada pela OAB Araxá, que contou com a participação do presidente da CAA/MG, Sérgio Murilo Braga, como paraninfo, e também da diretora geral da instituição, Fabiana Faquim. Cartazes com informações sobre os locais para doar sangue serão distribuídos em todas as subseções, bem como em lugares com grande circulação de advogados, facilitando essa informação aos profissionais do Direito.

Não há substituto para o sangue, que pode ser utilizado para diversas finalidades, como tratamento de pessoas com doenças crônicas, alguns tipos de câncer, transplante, cirurgias eletivas de grande porte, acidentes ou outras situações que necessitam de transfusão.

DOAÇÃO

Para doar sangue você deve ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg e estar em bom estado de saúde. Para os menores (entre 16 e 18 anos), é necessário o consentimento dos responsáveis.

O doador deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. É imprescindível levar documento de identidade com foto.

Para sua comodidade, a doação pode ser agendada online pelo site da Fundação Hemominas ou pelo telefone 155, opção 8. O call center recebe ligações (sem custos para o cidadão) de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados e domingos, das 7h às 19h.

Você pode gostar destes também:

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar