CAA/MG realizou mais de 5 mil atendimentos nas centrais 0800 na fase inicial de combate ao COVID-19

 em Sem categoria

As duas centrais telefônicas 0800 – atendimento por médicos, enfermeiros e nutricionistas; e com psicólogos – disponibilizadas pela Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG), prestou orientação a 5010 advogados, estagiários e dependentes desde que os serviços foram instituídos em março de 2020, início da pandemia mundial de COVID-19. Ao todo foram recebidas 5694 ligações.

Do total de orientações prestadas, 1001 são provenientes de atendimentos médicos que encaminharam 104 usuários para a urgência hospitalar. A medida evitou que que 897 advogados, estagiários e dependentes fossem ao pronto socorro, reduzindo a exposição ao coronavírus e a outras doenças.

A central exclusiva de atendimento psicológico realizou 1002 consultas. Alguns casos suscitaram acompanhamento semanal. Os nutricionistas prestaram orientação a 651 pessoas. Prescrições nutricionais para controle de doenças dos grupos de risco, auxílio para perda de peso e evitar ganho com o distanciamento social encabeçaram as principais indicações.

De acordo com o presidente da CAA/MG, Luís Cláudio Chaves, foi possível observar procura significativa dos advogados e estagiários às centrais de atendimento gratuitas. “O apoio psicológico permitiu suporte e conforto nos momentos de incerteza e estresse emocional. A orientação nutricional preveniu doenças, contribuiu para o aumento da imunidade e qualidade de vida. A equipe de médicos e enfermeiros evitaram a exposição ao coronavírus e a outras doenças, caso as pessoas atendidas no 0800 fossem diretamente ao pronto socorro”.

O sucesso da primeira etapa do planejamento da CAA/MG no combate ao COVID-19 é fator determinante para a adoção de novas e contínuas medidas por parte da instituição. O atendimento psicológico, agora, pode ser feito de forma mais abrangente, por meio de consultas on-line marcadas no site: www.psicologiaviva.com.br/caamg.

A CAA/MG também instituiu o e-mail apoio@caamg.com.br, exclusivamente destinado para dar apoio aos contaminados com o coronavírus. Neste canal, advogados ou familiares podem solicitar pedidos de auxílio. A iniciativa permite que a instituição encontre o meio mais eficaz para mitigar o problema específico.

Perfis de atendimento das centrais 0800
63% sexo feminino
37% sexo masculino
77% advogados e estagiários
23% advogados e estagiários que buscavam orientação para familiares
45% idade acima de 60 anos
46% idade entre 19 e 59 anos
9% possuíam menos de 18 anos

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar