Advogado(a) não deixe o cuidado com a sua saúde mental passar em branco

 em caamg

Ao longo de todo o ano, a Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais (CAA/MG) zela pela saúde e bem-estar dos advogados e advogadas de todo o estado. Neste mês de janeiro, a CAA/MG adere a Campanha Janeiro Branco. O ponto central é o cuidado e a atenção com a saúde mental dos profissionais inscritos na OAB/MG.

O Janeiro Branco foi criado por psicólogos brasileiros. O objetivo é lembrar as pessoas de cuidarem não só da saúde física, mas também da mental. A escolha do primeiro mês do ano é devido ao fato de as pessoas estarem mais focadas em resoluções e metas para o ano.

Ansiedade, mal-estar psicológico, stress continuado, depressão, transtorno bipolar, dependência de álcool e de outras drogas afetam a qualidade de vida de uma parcela significativa de cidadãos. Geralmente, a rotina estressante e preocupação com as causas dos clientes podem fazer com que os advogados negligenciem os cuidados com bem-estar psíquico.

Por isso, a CAA/MG alerta aos advogados e advogadas: não deixe o cuidado com sua saúde mental passar em branco! Procure um profissional, psicólogo ou psiquiatra.

Quem cuida da mente, cuida da vida

No Setor Assistencial da CAA/MG há auxílios que contribuem para a manutenção da saúde mental diante das imposições do cotidiano: isenção de anuidade por enfermidade; auxílio funeral; pecúlio; auxílio especial; auxílio mensal; auxílio extraordinário; auxílio especial de viuvez e auxílio cesta básica.

Importante ressaltar que para requerer qualquer auxílio do Setor Assistencial não é necessário ir à sede da CAA/MG. A solicitação pode ser feita por e-mail (assistencial@caamg.com.br). Todo acompanhamento do processo é online. Informações completas sobre condições e os formulários de requerimento podem ser acessados no site.

Atualização

A psicóloga da CAA/MG, Simone Carvalho, reafirma a importância da campanha uma vez que os profissionais da advocacia têm uma rotina estressante e, muitas vezes se preocupam mais com os clientes, com o trabalho e com a família do que consigo próprios.

Ainda segundo a profissional, graças aos avanços das pesquisas científicas na área, pessoas com algum transtorno mental têm acesso mais fácil a cuidados psiquiátricos e psicológicos, de acordo com a demanda.

Leia a matéria completa aqui.

 

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar